Put yourself on the eye of the street

“A capacidade para vencer e ultrapassar os desafios com os quais nos deparamos tem sido uma das características do Partido Socialista” Francisco do Vale César no alto da sua janela, na página 15, do Açoriano Oriental de hoje, 26 de Novembro. O político que revolucionou as quintas-feiras nos Açores com a sua "À Janela do Mundo", (vamos deixa-lo continuar a pensar que sim, até porque o Natal está aí à porta e há que contribuir para o bem estar dos desfavorecidos) não podia ter escolhido melhor as palavras, naquela que será a sua última participação, este mês. É que na página anterior está repleta de neo-camaradas: Ricardo Silva, que vai abrir os Paços do Concelho aos munícipes e Carlos Ávila & filho Lda. que tomaram posse ontem. Ora, se algum membro do partido socialista não tiver a tal capacidade para vencer e ultrapassar os desafios, não há problema: o papá resolve. E foi o que fez o recém e ex autarcas (coisa que muita gente já esqueceu) da Povoação. E assim os conselhos de administração das empresas municipais Espaço Povoação e Povoinvest ganharam mais um prodígio neo-socialista.


“Ah! Mas o Ávila Júnior até pode ser MacGyver que faltava na Povoação e vai resolver aquilo só com uma pastilha elástica e um machado, porque ele também é bombeiro.”

Primeiro, ele de bombeiro tem muito pouco e depois ele é licenciado em Serviço Social (o facto de ter sido numa privada, por si não quer dizer muito, mas é no mínimo estranho pois o curso de Serviço Social, da nossa Universidade dos Açores, tem o mérito de ser reconhecido com um dos melhores do país. Também é um bocadinho estranho essa relação dos neo-socialistas e as privadas). Como prova essa sua apresentação retirada do seu blog (os erros são da sua inteira responsabilidade, limitamo-nos a copiar):

“Licenciado em Serviço Social pelo Instituto Superior de Serviços Social do Porto; - Desempenhou funções de Chefe de Gabinete do Presidente da Camara Municipal de Murça; - Foi Assistente Social no SAS de Povoação. - Bombeiro Voluntário na Corporação de Bombeiros da Povoação. - Responsável por um Preojecto CLDS da Santa Casa da Misericórdia da Povoação - Presidente da Associação de Juventude do Concelho da Povoação.”

É caso para citar o grande Ricardo Araújo Pereira: “Se os outros ficaram com um tacho, Ávila ficou com a Bimby.”

A Povoação tem 6726 habitantes, não havia mais ninguém para ocupar aquele lugar? O haver havia, mas não era a mesma coisa.





“Olha para eles” os novos membros dos conselhos de administração das empresas municipais Espaço Povoação e Povoinvest, perfilados.
O pai está no meio deles todos e o filho está à nossa direita, aliás é fácil de reconhecer pois é o único com os pés cortados. Podia era arranjar um fato novo. É que assim parece que o pai, além de lhe dar emprego, empresta-lhe a roupa. E depois há ainda o facto de aqueles botões, reluzentes, se saírem dali, ainda aleijam alguém. Como podemos ver nessa foto, gentilmente retirada do Açoriano Oriental, de hoje, 26 de Outubro.

29 comentários:

Anónimo disse...

Muito interessante a foto de família. Será a família Belamy? Red Bull dão-lhes asas para voar livremente pelo universo Povoacense. Foram 751 Povoacenses a contribuir para isso, agora que se amanhem, pois têm o que merecem, não tenho pena nenhuma...

Anónimo disse...

Foram 2464 Povoacenses a dizer sim "Conseguimos" realmente conseguiram, verdade seja dita. Mas conseguiram foi regredir, verdade seja reposta. Memória curta rege as mentes de 2464 Povoacenses! É triste a tomada de decisão do povo, mas em democracia é assim mesmo. Espero é que no Concelho da Povoação não se tenha que erguer o muro das lamentações. Ainda é cedo para mais comentários. Dentro de seis meses muito mais haverá a dizer. Até lá como Povoacense estarei atento e pronto a comentar.

Rui disse...

Jordão,

O que posso dizer? Grande texto? Do melhor que se faz na blogosfera? Em cheio?

Nada disso seria suficiente para dizer o quanto gostei de ler isto. Muito bom mesmo!

Anónimo disse...

Só há duas maneiras de reagir a isso: partir para a violência ou então gozar com esses artistas como se não houvesse amanha!

Dá-lhe Candilhes!

Anónimo disse...

"Podia era arranjar um fato novo. É que assim parece que o pai, além de lhe dar emprego, empresta-lhe a roupa. E depois há ainda o facto de aqueles botões, reluzentes, se saírem dali, ainda aleijam alguém"

Genial

Fiat Lux disse...

Quando vi a foto também pensei que dava um belo post.
Ainda bem que não o fiz.
O Jordão fez muito melhor.
É bom ter vizinhos assim :)

O Regedor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Este blog anda a baixar de nível, embora continue a merecer a minha visita.
Não, não digo isto pelo tacho do André Ávila, mas sim pela referência triste e desinformada às Universides.
É que, vê-se perfeitamente que o autor deste post não sabe por exemplo que há cerca de 6 anos atrás apenas existia o curso de Serviço Social em universdades privadas.
Mais, segundo o autor do post o tal André deveria ter ido estudar para a Universidade dos Açores!!! Agora até já decide onde as pessoas devem estudar! E mais decide que devia tirar o curso na Universidade dos Açores (essa universidade respeitada mundialmente!! essa meca do ensino e do conhecimento científico)!

De partir a rir este post!
Muito Bom

Jordão disse...

Caro fã do professor Marcelo Rebelo de Sousa, só pode porque tal como comentador dizia: - “o aborto é ilegal.”
- “Mas pode-se fazer?”
- “Pode!”
- “Mas é ilegal?”
- “É!” ; o/a senhor/a não gosta do Candilhes mas está sempre cá caído. É bonito esse sentimento e ao mesmo tempo recíproco. Espero que continue assim, por muito tempo.

“vê-se perfeitamente que o autor deste post não sabe por exemplo que há cerca de 6 anos atrás apenas existia o curso de Serviço Social em universdades privadas.” Mentira: o curso de Serviço Social na Universidade dos Açores abriu em 2001 logo há 8 anos.
Mais: nunca disse para aonde é que, quem quer que seja, devia licenciar-se, longe de mim dizer semelhante coisa. O que disse, e volto a afirmá-lo, é que, ao contrário daquilo que diz, a nossa Universidade dos Açores, em certos e determinados cursos, é uma universidade respeitada mundialmente: Biologia por exemplo e, importante para o caso, Serviço Social. Logo é no mínimo estranho que alguém saia da sua terra para estudar, quando mesmo ao lado de casa tem um excelente curso. Mas isso não passa de uma Suposição, porque poderá ter havido diversos factores que condicionaram a sua escolha, com certeza.

Já agora, em Portugal existem boas universidades privadas, o problema é que existe um número ainda maior de más, reformulo: muito más privadas. E isso não é preciso desenvolver, pois não?!

Obrigado pela preferência, volte sempre! Ou se preferir, como o Nahasapeemapetilon, o
Apu costuma dizer: "Thank you, come again!"

Anónimo disse...

Mas que grande discussão para aqui vai. so estranho o facto de estes elementos "bloguistas" nem para sua salvaguarda tenham ido pesquisar mais um bocadinho: mas para os menos atentos aqui vai. o rapaz nunca podia ter entrado para a universidade dos açores até porque fez a matricula um ano antes de este curso "duvidoso" iniciar por aqui:

http://www.isssp.pt/si/alunos_geral.FormView?P_COD=000013073

Anónimo disse...

realmente é so fazer a pesquisa no google.

Jordão disse...

E?!

Anónimo disse...

demonstra a tua ignorância

Jordão disse...

Ah! Ok está bem!?

Não vejo como, se o diz é porque deve ter razão.

Mas já agora no parágrafo:
“o facto de ter sido numa privada, por si não quer dizer muito, mas é no mínimo estranho pois o curso de Serviço Social, da nossa Universidade dos Açores, tem o mérito de ser reconhecido com um dos melhores do país. Também é um bocadinho estranho essa relação dos neo-socialistas e as privadas”; está escrito uma explicação para ele ter ido para o Porto estudar aonde?! Só lanço uma possível hipótese, nada mais!

E assim se desviam as atenções de mais um caso gravíssimo de cunhas, compadrios, tachos e bimbys…

Oh que chatice! Sabe o que eu descobri agora?! Afinal enganei-me: O curso de Serviço Social da Universidade dos Açores afinal não abriu em 2001, como eu erradamente deduzi mas sim em 2000/2001. Afinal ele tinha a hipótese de tirar o curso cá. E há mais gente que precisa de pesquisar (no Google ou fora dele) do que sua excelência imaginava.

http://www.dhfcs.uac.pt/cursos.php?id=23

Anónimo disse...

abriu com a mão da católica que também é privada.....e esta

Anónimo disse...

e para dar emprego aos professores de história que iam para o desemprego.

Anónimo disse...

eu fui aluna deste 1 ano. nao teve nenhum assistente social como professor.uma vergonha a UAC.

Sérgio Medeiros disse...

A UAC é a vergonha dos Açores...Abre-se cursos de engenharia que nem são reconhecidos pela ordem, não existem assistentes sociais a dar o curso de acção social, enfim, o que se pode dizer mais? é como se custuma dizer: é amanhar!

Anónimo disse...

Tanta discusão à volta do curso que sua Ex.ª. o papá Ávila comprou! o rapaz nem sociável é! Arrogante, maniento, soberbo, autoritário, não são qualidades de um assistente social, aliás, tal pai, tal filho! Sabiam que o peqeno é o presidente do Seleiro da Terra? pois aí está mais uma jogada de Ávila pai&filho, Ld.ª. O curriculo invejável do rapazola está a aumentar. Mas a verdade é que todos os que podem e deveriam intervir deixam! Os Povoacenses andam a dormir na forma! Depois não se queixem. A dinastia Ávila retornou ao poder com mais garra do que nunca. Dentro em breve meterão as garras de fora e o seu plano maquiavélico seguirá em frente. Esteja atento amigo Jordão e siga com atenção, amor e devoção às causas justas. Força amigo!

Anónimo disse...

o facto e que ele deu a cara para a celeiro da terra quando mais ninguem desde maio quis assumir aquelas dividas. honra seja feita a sua coragem.

Anónimo disse...

Este Sérgio Medeiros deveria ter vergonha e estar calado! Este rapazola de Água Retorta vira casacas está em defesa das Ex.ªs sabem porquê? Pois eu vos conto e vos digo. Este Sérgio Medeiros é filho de uma família desde sempre afecta ao PSD, mas a história política desta família virou-se repentinamente nestas últimas eleições. Este Sérgio Medeiros tem uma irmã formada em Cinema, vejam lá cinema, grande curso de empregabilidade nos Açores, mas a toda a força tinha que arranjar emprego. Um emprego não arranjou, mas sim acabou por arranjar um tacho, aliás um super tacho oferecido pelos Ávilas Pai&Filho, Ld.ª. Este menino Sérgio Medeiros entra curiosamente para a Câmara Municipal com Francisco Álvares através do programa estagiar T. Este Sérgio Medeiros não passa de um Ingrato, intrujão, manhoso,cobarde e infiel. Meus amigos mais palavras para quê? está o menino Sérgio Medeiros a defender quem não deve, mas vê-se obrigado a isso porque sua irmã cimanetográfica também já lá está conjuntamente com ele - VIRA-CASACAS - pelo tacho que, estamos convictos, não durará muito. Tenha vergonha rapaz e seja digno!

Anónimo disse...

Uma vergonha a Universidade dos Açores? Sérgio Medeiros voçê é Açoriano? Não, não deve ser! esteja mas é calado e tenha dupla vergomha das baboseiras que diz ao acaso e sem nexo. Quem não tem mais do que fazer a que tem tempo para pensar e executar comentários tão absurdos. Logo se vê que é de Água Retorta! Não teve cabiba na nossa conceituada Universidade dos Açores, o mais certo, e põe-se a falar do que não sabe. Se Carlos Ávila sabe que em vez de estares a trabalhar estás a consultar a Net para te dedicares a comentar o que de bom se faz na blogosfera estás tramado. Mas ele vais saber, isto vai chegar a ele. Põe-te mas é a trabalhar menino mimado, que anda ainda na desmamação. A Câmara Municipal da Povoação precisa é de funcionários que trabalhem e não fazam laser na Net. Tenha juízo rapaz!

Anónimo disse...

O filho do funcionário da camara da Povoação que bebe 2 garrafas de scotch por dia que era jornalista já foi.
será que o seara verda vai ter dinheiro para pagar a net deste mês...cuidado

O Regedor disse...

Estou a achar graça a esta discussão.
No meio desta confusão noto que nós bloggers devemos ter mais bases fundamentadas para aquilo que escrevemos.
E digo isto contra a minha pessoa que tenho um blog e também já cometi o mesmo erro, por mais de uma vez.
Aqui o facto de o autor do post revelar bastante desconhecimento, devido a não se ter salvaguardado, em relação à Universidade dos Açores, às universidades privadas, etc, (por exemplo, como se podia saber se o curso se SS era bom se ainda não tinha aberto?) fez com que o assunto principal do post ficasse completamente afastado, perdendo parte (grande) da credibilidade.

E assim dei a minha opinião, esperando não ser mal interpretado e que aceitem esta pequena crítica.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Sérgio Medeiros passa radicalmente a anónimo e a atirar tiros para o ar ao acaso. Pouca sorte, atirador fraco, muito fraquinho hahahahaha. Tenho pena de si menino mimado, já reparaste bem o que tens em casa? Um bom caçador, nunca deve disparar sem primeiro saber exactamente o alvo a atingir. O Seara Verde é do Carlos Ávila & Família, Ld.ª, vá lá o perguntar. Quem fundou o Seara Verde? Pois é, tu e muitos não sabem. Cambada de ignorantes! Não metam o pobre rapaz na alhada nem o dito funcionário por sinal seu pai. Estás tu Sérginho com dor de cotovelo. Que pena que tenho eu te ti e teus lacaios amigos. Quem não quer ouvir, que não se meta e esteja calado, com o rabinho entre as pernas, como tu o sabes fazer muito bem, quando as coisas não te correm bem. Good Bay mai frend conterrânio Água Retortense.

Fiat Lux disse...

O essencial do post do Jordão era sobre o pai dar um emprego ao filho.
É óbvio que quem não quer discutir isto tenta desviar a conversa para os cursos da Universidade dos Açores.
Embora a Universidade dos Açores também dê "pano para mangas".
Não tenho nada contra Carlos Ávila ou André Ávila, mas não estava nada à espera que isto acontecesse.
Só falta agora nas outras câmaras acontecer o mesmo.

Anónimo disse...

A questão do post é o Emprego proporcionado pelo presidente da Câmara Municipal da Povoação aos seus filhos André Ávila e Marta Ávila. Isto sim é que é a questão e não a Universidade dos Açores. Mas estão a desviar as atenções porquê? Carlos Ávila está a fazer desde o primeiro milésimo de segundo que tomou posse na Câmara o mesmo que Rui Melo fez em Vila Franca, mas acabou por levar duplamente na tola. Entachar os familiares mais próximos, neste caso Carlos Ávila não só entachou André bem como Marta Ávila. Não há mesmo em 6726 habitantes Povoacenses mais necessitados para dar emprego do que seus adorados filhos André e Marta. Incrível mas é verdade!

Jordão disse...

Vamos por partes:
O quê?! A irmã também também recebeu uma Bimby?! Isso é ainda pior do que eu imaginava.
Caro Regedor,
Aceitamos todos as criticas, pequena ou grandes e até gostamos de ser bem corrigidos, pois assim crescemos . O problema aqui é outro, ou melhor são outros: até parece que foi o meu pai que me arranjou um emprego e depois o curso de Serviço Social na nossas Universidade dos Açores é dos poucos oásis naquele deserto. Aliás, como provam os excelentes profissionais que de lá saiem. No primeiro ano as coisas não correram muito bem, mas também já era previsivel. A nossa Universidade tem muitos problemas: cursos criados só para justificar os ordenados de certos professores e por aí fora mas no meio disso tudo existem muitos bons profissionais e alguns cursos muitos bons.
Quanto às privadas: não é preciso desenvolver isso, mais uma vez,pois não?! Acho que Modernas, Independentes e afins falam por si.

Amigo Fiat só para te complementar, nas outras câmaras já aconteceu (Vila Franca e Ribeira Grande antes da eleições) e mais grave: vai continuar a acontecer.
"Thank you, come again!" to all of You

O Regedor disse...

Pois então concordamos.
Quanto às privadas, cuidados com as generalizações.
Quanto aos tachos, é quem puder que arranje um e que o agarre bem que os tempos não estão fáceis. É o vale tudo.